Publicidade
Avaliação
Governo do Rio Grande do Norte realiza estudo sobre artesanato potiguar
Objetivo foi apresentar um levantamento do artesanato e turismo estadual elaborado pela empresária e produtora cultural brasileira Noris Moraes
José Aldenir / Agora RN
Governadora Fátima Bezerra esteve reunida com a equipe do Turismo para discutir sobre o artesanato no Rio Grande do Norte

A governadora Fátima Bezerra esteve reunida com a equipe do Turismo para discutir sobre o artesanato no Rio Grande do Norte. O objetivo foi apresentar um levantamento do artesanato e turismo estadual elaborado pela empresária e produtora cultural brasileira Noris Moraes.

“Fazer com que essa produção do artesanato do RN, nas suas mais variadas modalidades, seja reconhecida, valorizada e expanda cada vez mais é um dos nossos objetivos”, disse Fátima ao destacar que o turismo é uma das principais prioridades do Governo por promover emprego e renda à população.

A chefe do Executivo deu boas-vindas e agradeceu a Noris Moraes pelo trabalho que está sendo desenvolvido em prol do artesanato potiguar. Além disso compartilhou as metas do Governo para o setor, como a realização da 1ª Conferência Estadual do Artesanato do RN, a fim de estimular a cadeia produtiva e envolver mais setores, oferencendo um momento para exposição e vendas como também de capacitação já com expectativa de resultar, posteriormente, em conferências regional e nacional.

Noris Moraes reside em Portugal e se dedica a divulgar a cultura nordestina em feiras internacionais por toda a Europa há mais de 20 anos. Ela veio a convite do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo, especialmente para percorrer a capital e o interior do Estado em busca de artesanatos de raiz cultural, como rendas, bordados, pedras preciosas, cosméticos naturais, rapadura, entre outros produtos.

No RN desde o dia 24 de maio, a empresária visitou as seguintes cidades no interior: Caicó, Tenente Ananias, Pau dos Ferros, Currais Novos, Cerro Corá, Acari, Parelhas e Carnaúba dos Dantas. Em Natal, conheceu o Centro de Turismo, Pium e Pirangi. A programação segue até a próxima quarta-feira, 5.

“Foi uma grande surpresa ver uma diversidade incrível e uma qualidade excepcional do turismo no interior do Estado”, destacou Noris. Ela disse que ficou “surpresa por encontrar tamanha riqueza, verdadeira, cultural.”

De acordo com a empresária, o levantamento propõe mostrar um novo cartão postal do Estado. “Nós temos aqui praias maravilhosas e sabemos disso. Mas temos que revelar outros aspectos como a música, a gastronomia, as descobertas arqueológicas, por exemplo. Essa é uma forma de movimentar a economia em vários setores e fortalecer o turismo-cultural”, pontuou.

Noris também terá reuniões com o coordenador geral do projeto Governo Cidadão, Fernando Mineiro, e com representantes da UFRN com o intuito de firmar parcerias com a Universidade do Minho na área de pesquisa e inovação.

Participaram da reunião a secretária de Turismo e da Emprotur, Aninha Costa, o diretor vice-presidente da Emprotur, Rafael Varela, o Procurador-Geral do Estado, Luiz Antônio Marinho, e servidores do turismo.

Publicidade
Publicidade