terça,
Em Natal
Festival Internacional de Cinema Infantil promove Fórum com profissionais do audiovisual
Desde o dia 07, o Fórum debate, no centro de educação da UFRN, uma série de palestras com temas relevantes e com participação de renomados profissionais
Divulgação/ Festival Internacional de Cinema Infantil
Festival Internacional de Cinema Infantil – FICI chegou a Natal

Festival Internacional de Cinema Infantil – FICI chegou a Natal com muitas novidades na bagagem neste ano. Além dos vários títulos de animações infantis disponíveis nas salas do Cinemark Midway Mall, em dois finais de semana, com entrada ao custo de R$12 para todos, o Festival trouxe também, pela primeira vez à capital potiguar, o Fórum Pensar a Infância. E, durante a abertura, ocorrida no último dia 06, uma surpresa. O Ministério da Cultura lançou um conjunto de quatro editais com investimento na ordem de R$ 33 milhões de reais para produções audiovisuais infanto-juvenis.

A programação do Fórum está variada e rica de informação. Desde o dia 07, o Fórum debate, no centro de educação da UFRN, uma série de palestras com temas relevantes e com participação de renomados profissionais do audiovisual. Nesta quarta-feira (8), foi a vez do tema ‘A criança e o seu olhar na produção de conteúdo’, com a presença de Cecília Amado, da produtora Cinema e Sal (BA); Luciana Bezerra, do Nós do Morro (RJ); Fabiana Barbosa, da Fundação Casa Grande – Memorial do Homem do Kariri (CE), mediado por Marcilio Amorim, do Playground Natal – (RN).

Ás 10h, o cineasta paraibano Paulo Caldas, deu continuidade ao Stand Up Content, iniciado no dia anterior e, no período da tarde (às 14h), Nara Aragão, da Porto Digital, expôs a master class ‘Inovação e competitividade, a tecnologia a favor do audiovisual para infância’. Para fechar o dia, Duca Rios, da produtora Origem (BA); Mariana Medina, da NUCA (CE) e Alisson Ricardo Da Costa Pereira, da VIU Filmes (PE) se encontararm para debater o tema ‘Nordeste Animado: a produção audiovisual em animação’.

O terceiro e último dia (9), as 10 horas, o Fórum inicia com o debate ‘Audiovidisual e Educação na contemporaneidade: entreter, informar e educar’, com a participação de Silvia Helena Cruz, da UFC (CE); Mariangela Momo , da UFRN (RN); Monica Fantin, da UFSC (SC) e mediação de Gilmar Santana, da UFRN (RN).

A cineasta baiana Ceci Alves encerra a programação de Stand Up Content, no período da manhã. Na sequência, às 14h, o diretor e roteirista pernambucano João Falcão apresenta o master class ‘Criação: as linguagens do Imaginar’. O encerramento, à 16h20, terá um encontro especial com Vilma Guimarães, gerente geral de educação e implementação da Fundação Roberto Marinho, que compartilhará sua experiência de anos a frente do Telecurso no painel ‘A formação do olhar: a importância do audiovisual para a infância’.