terça,
Evento
Feira cultural reunirá artesanato, bazar e gastronomia em Extremoz neste domingo
Evento reunirá 170 expositores que levarão artesanato, bazar, produtos orgânicos, gastronomia, entre outros serviços para atender ao público
Canindé Santos
Feirinha terá a participação de religiões de matriz africana e tratará sobre temas como o preconceito

No mês da Consciência Negra, a tradicional Feirinha Cultural de Extremoz será voltada para as africanidades. O evento será neste domingo (12), no largo das ruínas da Igreja de São Miguel Arcanjo, Centro Histórico do município, começando às 13h e estendendo-se até às 20h. A feirinha terá a participação de religiões de matriz africana e tratará sobre temas como o preconceito.

O evento reunirá 170 expositores que levarão artesanato, bazar, produtos orgânicos, gastronomia, entre outros serviços para atender ao público. As atrações ficarão por conta de grupos de capoeira, danças afro e o samba da banda Batuque de um Povo.

“O mês de novembro é o mês da Consciência Negra, dia 20, e nós resolvemos então voltar o tema da feirinha para a questão das africanidades. Várias religiões de matriz africana foram convidadas, grupo de capoeira, poesia e vamos levar esse tema para conscientizar as pessoas acerca do preconceito”, afirma a coordenadora da feirinha, professora Maria Gorette.

A Feirinha Cultural conta com o apoio da Prefeitura de Extremoz, Facell Faculdades e Grow Multimídia e é realizada sempre no segundo domingo de cada mês.