Publicidade
Oportunidade
Edital de Economia Criativa vai destinar R$ 500 mil para projetos culturais no RN
Uma mudança prevista para este ano é a redução da quantidade categorias, que passa de sete para seis: música, audiovisual, artes visuais, artes cênicas, editoração e artesanato
Sebrae RN / Divulgação
Pocket do musical 'Bye Bye, Natal' será apresentado no evento

O Sebrae no Rio Grande do Norte vai destinar R$ 500 mil para fomentar iniciativas culturais, através da 5ª edição do Edital de Economia Criativa. Os principais detalhes e regras do edital serão repassados à classe artística, produtores e agentes culturais, durante o lançamento do edital, marcado para no dia 2 de abril, às 11h, na sede da instituição, em Natal. Para participar do evento, é preciso confirmar presença por meio do 0800 570 0800.

O Edital de Economia Criativa tem como principal objetivo o estímulo ao empreendedorismo cultural para a promoção de negócios da economia criativa. Com esse valor, o Sebrae soma um montante de R$ 1,6 milhão destinados, através desse tipo de edital, ao fomento de novos produtos, serviços e bens culturais, aquecendo a cadeia produtiva da economia criativa e o patrimônio imaterial do Rio Grande do Norte.

Uma das novidades desta edição é que o edital não terá tema, podendo receber projetos baseados em qualquer temática, ampliando a abrangência dos projetos inscritos. Outra mudança prevista para este ano é a redução da quantidade categorias, que passa de sete para seis: música, audiovisual, artes visuais, artes cênicas, editoração e artesanato. A modalidade ‘dança’ foi incorporada à categoria ‘artes cênicas’.

Uma das principais características do edital do Sebrae é que os recursos são destinados ao pagamento dos fornecedores de cada projeto, e não diretamente ao autor do projeto. Isso facilita a prestação de contas ao final, uma vez que todos os pagamentos ocorrem ao longo da execução do projeto.

Os recursos disponíveis para as iniciativas selecionadas servem para cobrir parte das despesas apresentadas na planilha, exposta no momento da inscrição, conforme o valor da cota e a natureza da despesa. Somente poderão concorrer ao edital pessoas jurídicas com CNPJ enquadradas tributariamente como Microempreendedor Individual (MEI), Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP), com funcionamento no Rio Grande do Norte.

ATRAÇÕES DO LANÇAMENTO
De acordo com a gestora do projeto de Economia Criativa do Sebrae-RN, Ana Ubarana, para facilitar e orientar a elaboração dos projetos que serão submetidos ao edital, o Sebrae vai novamente realizar oficinas para os interessados em se capacitar, visando melhorar suas chances de elaborar o projeto de forma mais compatível com as regras estabelecidas. As oficinas serão ministradas gratuitamente em Natal e algumas cidades do interior, cuja relação e datas serão anunciadas no momento do lançamento. “Esse evento é o momento de apresentar os detalhes e critérios de seleção do edital. Por isso, é importante que o produtor compareça”, ressalta a gestora.

Durante o evento, será apresentado um pocket do musical ‘Bye Bye Natal’, de autoria de Racine Santos e Danilo Guanais, e direção cênica de Diana Fontes. O espetáculo retrata o cotidiano da capital potiguar no período da II Guerra Mundial, quando a região recebeu a primeira base aérea americana fora dos Estados Unidos, em Parnamirim, e centenas de soldados ianques – fato que mudara o comportamento da cidade.

O evento de apresentação da nova versão do edital vai servir para lançar a coleção ‘A Participação do RN na II Guerra Mundial’, um conjunto de três livros que foi contemplado no edital de 2018. No ano passado, a iniciativa aprovou 23 projetos, dos quais 13 foram elaborados, tendo como temática a II Guerra Mundial no Rio Grande do Norte, foco do edital anterior.

Publicidade
Publicidade