Publicidade
Originalidade
Banda paraibana atravessa RN e sete estados com turnê de música e oficinas
Após o término da turnê, a experiência do grupo será transformada em um documentário, que pretende responder um questionamento: “existe alternativa para os alternativos?”
Divulgação
Banda paraibana Seu Pereira e Coletivo 401 passará por Natal na próxima sexta-feira, 6

A banda paraibana Seu Pereira e Coletivo 401 passará por Natal na próxima sexta-feira, 6, para um show de sua turnê “Seu Pereira na BR 101 – Uma Expedição Musical sobre a Cena Independente”. A apresentação acontecerá no Solar Bela Vista, no bairro Cidade Alta.

A ideia do projeto, entretanto, é um pouco diferente. A proposta é de passar 23 dias na estrada, visitar 8 estados e fazer 9 shows. Porém, o conteúdo musical não é o único objetivo da banda. Além dos shows, cada evento contará também com oficinas, rodas de conversas e debates sobre os mais variados temas. Segundo o baterista do grupo, Victorama, uma turnê como essa é de extrema importância.

“Na conjuntura política atual, levamos a nossa mensagem cercada de emoção, romantismo e também política, reforça nosso compromisso com nosso público de não baixarmos a guarda diante do que está acontecendo”, explica o baterista.

O trajeto dos quatro músicos e cinco membros da equipe, que viajam pela BR-101 em uma van, tem a intenção de descobrir “quantas culturas cabem dentro de um mesmo país em mais de 6.500 quilômetros rodados”.

Após o término da turnê, a experiência do grupo será transformada em um documentário, financiado pelo projeto Natura Musical, que pretende responder um questionamento: “existe alternativa para os alternativos?”. O vídeo mostrará o dia-a-dia da banda em um cenário de música independente, mostrar a cadeia produtiva que permeia a música autoral, e servir de incentivo para artistas e público.

“As coisas ruins de ser uma banda independe no Brasil hoje em dia já estamos cansados de ouvir falar. O Seu Pereira e Coletivo 401 procura se manter ativo, gravando singles, gravando vídeos, fazendo lives, procurando outras alternativas além das tradicionais. O mais importante para uma banda independente, hoje, é se mover”, conta Victorama sobre a experiência do grupo.

Em Natal, além do show de abertura da banda DuSouto, o evento contara com um bate-papo sobre produção independente com integrantes da banda e do projeto e uma oficina intitulada “A poesia das coisas”, com o baterista Victorama e o cantor e compositor Jonathas Pereira Falcão.

Publicidade
Publicidade