sexta,
home / Comerciando

Comerciando

Gastos de brasileiros no exterior crescem 34,8% no 1º trimestre

A queda do dólar fez os gastos de brasileiros com viagens internacionais voltarem a subir em 2017, depois de terem caído no ano passado. Segundo números divulgados pelo Banco Central (BC), as despesas de turistas brasileiros no exterior encerraram o primeiro semestre em US$ 8,805 bilhões, alta de 34,8% em relação aos seis primeiros meses do ano passado (US$ 6,532 bilhões). Apenas em junho, mês em que se inicia o verão no Hemisfério Norte, os brasileiros gastaram US$ 1,51 bilhão no exterior. O valor é 10,1% maior que o gasto de US$ 1,372 bilhão registrado em junho de 2016. A retomada dos gastos com viagens internacionais ocorre depois de uma queda de 16,5% no ano passado.

>> Expectativa. O governo federal manteve em 0,5% a previsão de crescimento para o Produto Interno Bruto (PIB) neste ano, enquanto reduziu de 4,3% para 3,7% a estimativa para a inflação. Atualmente, a projeção já está dentro dos parâmetros perseguidos pelo Banco Central. Os dados constam do relatório de avaliação bimestral de receitas e despesas, divulgado pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

>> Levantamento. Com o objetivo de compreender se os brasileiros caminham em direção ao consumo sustentável e equilibrado e também acompanhar as mudanças nos hábitos de compra e outras ações cotidianas, o SPC Brasil e a CNDL calcularam pelo terceiro ano consecutivo o Indicador de Consumo Consciente (ICC), que atingiu 72,1%, permanecendo estável em relação a 2016, quando estava em 72,7%.

>> Superávit. Beneficiadas pelo saldo da balança comercial, as contas externas do país registraram o melhor resultado no primeiro semestre em dez anos. Segundo dados divulgados pelo Banco Central (BC), o indicador acusou superávit de US$ 715 milhões de janeiro a junho, contra déficit de US$ 8,487 bilhões no mesmo período do ano passado.

>> Junção. As agências TP Publicidade e a KKI Indústria Criativa anunciaram na sexta-feira, 21, a sua fusão. A nova empresa, agora denominada KKI TP Comunicação, será dirigida pelos publicitários Tertuliano Pinheiro, Clarissa Medeiros, Rayssa Saraiva e Túlio Dantas e passa a contar ainda com braço operacional na cidade de Atlanta, nos Estados Unidos.

>> Internet. A expansão da banda larga no Brasil apresenta, atualmente, um ritmo aquém do que poderia ser, avalia o CEO da Telefônica Vivo, Eduardo Navarro de Carvalho. O executivo apontou como justificativa o fato de a carga tributária e a regulamentação serem excessivos, o que acaba reduzindo o retorno sobre os investimentos, mesmo com a crescente demanda da população.

>> Minha Casa Minha Vida 1. O mercado imobiliário deu sinais de recuperação na primeira metade de 2017, com avanço nos lançamentos e nas vendas de imóveis pelas principais construtoras do País. O crescimento, porém, é marcado por um desequilíbrio. Enquanto os negócios seguem aquecidos no setor popular, com empreendimentos do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), o setor de médio e alto padrões ainda enfrenta barreiras e encolhe.

>> Minha Casa Minha Vida 2. Levantamento do Estadão/Broadcast com base nos relatórios operacionais de oito empresas listadas na Bolsa (Cyrela, Even, Eztec, Gafisa, Rodobens, MRV, Direcional e Tenda) mostra que os lançamentos totalizaram R$ 5,14 bilhões no primeiro semestre, 10% mais que no mesmo período do ano passado.

Campanha “De olho na validade” estimula ação de consumidores

A partir de agosto, quem encontrar um produto vencido nas prateleiras dos supermercados do Rio Grande do Norte poderá levar, gratuitamente, um produto igual e próprio para consumo. A regra está prevista em um acordo assinado pelo programa “De Olho na Validade”, parceria entre o Procon e a Associação dos Supermercados do Rio Grande do Norte. Cerca de 190 supermercados participam do convênio, mas mesmo os que não se cadastraram devem seguir a norma, de acordo com o coordenador geral interino do Procon, Cyrus Benavides. A medida só vale se o cliente apresentar o produto antes de passar pelo caixa. Ou seja, caso perceba que o produto está fora da validade somente após ter concluído a compra, passa a vigorar o Código de Defesa do Consumidor, que garante a troca por outro ou o ressarcimento do valor perante a apresentação da nota fiscal.

>> Queda. A economia brasileira voltou a registrar tombo em maio deste ano, segundo informações divulgadas pelo Banco Central. O chamado Índice de Atividade Econômica do BC, o IBC-Br – criado para tentar antecipar o resultado do Produto Interno Bruto (PIB), que é divulgado pelo IBGE – teve queda de 0,51% em maio, na comparação com abril. O resultado foi calculado após ajuste sazonal (uma espécie de “compensação” para comparar períodos diferentes).

>> Simples. Microempreendedores Individuais (MEI) e donos de pequenos negócios que são optantes do Simples Nacional já podem solicitar a restituição de tributos que foram pagos indevidamente ou em valor maior do que o devido. O pedido pode ser feito no site da Receita Federal. Desde o dia 30 de junho, a Receita disponibilizou a possibilidade de pedir o ressarcimento de forma totalmente on-line.

>> Passaportes. O Congresso Nacional aprovou o projeto que permitirá à Polícia Federal (PF) retomar a emissão de passaportes, suspensa desde o final de junho. O texto reforça o orçamento da PF em R$ 102,4 milhões para garantir o serviço até o final do ano. O projeto do governo (PLN 8/17) foi relatado pelo deputado Delegado Francischini (SD-PR) e segue para sanção presidencial. A PF interrompeu o serviço sob a alegação de falta de recursos. A suspensão gerou muitas críticas ao governo, que se mobilizou para aprovar a proposta duas semanas após seu envio ao Congresso.

>> Combustível. Em novo ajuste, a Petrobras anunciou nesta sexta-feira, 14, redução de 1,9% no preço da gasolina nas refinarias e alta de 0,7% no diesel. Os novos valores começaram a valer desde sábado, 15. A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.

>> Qualificação. Para ajudar proprietários de agências de viagens e de outros negócios turísticos a conquistarem um bom posicionamento nas mídias sociais, Marta Poggi realiza em Natal o curso ‘Gestão de Mídias Sociais: Facebook e Instagram na Prática’, nos dias 1 e 2 de agosto. A instrutora é blogueira e consultora de marketing digital voltado para o turismo.

Fórum Empresarial do RN acontece nesta terça-fera

A 5ª edição do Fórum Empresarial do RN, promovido pela K&M Seminários, acontece no dia 18 de julho, no Teatro Riachuelo, a partir das 19h, e volta a destacar o talento dos empreendedores potiguares e seus cases de sucesso. O evento, que já se tornou um dos mais importantes do calendário empresarial do Estado, vai apresentar ao público potiguar os cases de duas empresas genuinamente potiguar: a Miranda Computação, através do empresário Afrânio Miranda, no ano em que a empresa comemora seus 30 anos de sucesso no mercado, e do grupo Gentil Negócios, com a dupla Glauber e Antônio Gentil. Duas trajetórias marcantes, protagonizadas por empreendedores da terra, exemplo de trabalho e superação reconhecidos no Brasil. De acordo com a organização do evento, é estimado um público de 1.500 participantes entre autoridades, empresários, executivos, gestores e profissionais de diversas áreas. As inscrições são limitadas e podem ser feitas pelo sitewww.kemseminarios.com.br ou pelo plantão de vendas no (84) 99942-0386 (celular e whatsapp).

>> Queda. A economia brasileira voltou a registrar tombo em maio deste ano, segundo informações divulgadas pelo Banco Central. O chamado Índice de Atividade Econômica do BC, o IBC-Br – criado para tentar antecipar o resultado do Produto Interno Bruto (PIB), que é divulgado pelo IBGE – teve queda de 0,51% em maio, na comparação com abril. O resultado foi calculado após ajuste sazonal (uma espécie de “compensação” para comparar períodos diferentes).

>> Simples. Microempreendedores Individuais (MEI) e donos de pequenos negócios que são optantes do Simples Nacional já podem solicitar a restituição de tributos que foram pagos indevidamente ou em valor maior do que o devido. O pedido pode ser feito no site da Receita Federal. Desde o dia 30 de junho, a Receita disponibilizou a possibilidade de pedir o ressarcimento de forma totalmente on-line.

>> Passaportes. O Congresso Nacional aprovou o projeto que permitirá à Polícia Federal (PF) retomar a emissão de passaportes, suspensa desde o final de junho. O texto reforça o orçamento da PF em R$ 102,4 milhões para garantir o serviço até o final do ano. O projeto do governo (PLN 8/17) foi relatado pelo deputado Delegado Francischini (SD-PR) e segue para sanção presidencial. A PF interrompeu o serviço sob a alegação de falta de recursos. A suspensão gerou muitas críticas ao governo, que se mobilizou para aprovar a proposta duas semanas após seu envio ao Congresso.

>> Combustível. Em novo ajuste, a Petrobras anunciou nesta sexta-feira, 14, redução de 1,9% no preço da gasolina nas refinarias e alta de 0,7% no diesel. Os novos valores começaram a valer desde sábado, 15. A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.

>> Qualificação. Para ajudar proprietários de agências de viagens e de outros negócios turísticos a conquistarem um bom posicionamento nas mídias sociais, Marta Poggi realiza em Natal o curso ‘Gestão de Mídias Sociais: Facebook e Instagram na Prática’, nos dias 1 e 2 de agosto. A instrutora é blogueira e consultora de marketing digital voltado para o turismo.

Taxa de inadimplência aumenta no primeiro semestre

A inadimplência aumentou 0,84%, de janeiro a junho deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, ao passar de 59,1 milhões de pessoas para 59,8 milhões. Apesar da alta, houve queda no ritmo de inadimplência, pois no primeiro semestre de 2016, o total de nomes na lista de devedores era 3,21% maior do que no mesmo período de 2015. Os dados são do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). De acordo com a entidade, entre o final de 2015 e o início do ano passado, a inadimplência crescia com taxas próximas de 5% e agora são consideradas estáveis, embora ainda refletindo “o cenário de desemprego elevado “ e dificuldades que atingem 39,6% da população com idade entre 18 e 95 anos.

>> Comparativo. Na comparação de junho deste ano com junho do ano passado, foi constatado um recuo de 0,83% no número de devedores em atraso e sobre maio deste ano, houve redução de 0,64%. A pesquisa mostra que o volume de dívidas caiu 5,34%, em junho sobre o mesmo mês em 2016. A queda mais expressiva foi verificada no setor de comunicação (-13,13%). No comércio, o montante foi 4,46% menor; nos bancos, 2,57%, e nos serviços básicos, como água e luz, 1,18%.

>> Ajuste. A LATAM Airlines Brasil recomenda atenção aos horários dos voos com origem ou destino ao aeroporto de São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Natal (RN), que passará por obras diárias das 17h às 5h, entre 11 de setembro e 10 de outubro deste ano. Para esse período, a companhia precisou promover os seguintes remanejamentos: 94 voos cancelados e 67 voos com horário alterado.

>> Novidade. Em reunião com a diretoria da Azul, o governador Robinson Faria e o secretário de Estado do Turismo, Ruy Gaspar, receberam a informação de que Mossoró ganhará em breve um voo comercial. A confirmação foi dada ao chefe do Executivo estadual pelo diretor Marcelo Bento, durante audiência realizada em São Paulo, nesta terça-feira, 11.

>> Pessimismo. A maior parte dos brasileiros chega ao segundo semestre de 2017 sem ainda ter notado melhora no quadro econômico. Um levantamento feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional e Dirigentes Lojistas (CNDL) com consumidores de todas as regiões, idades e classes sociais revela que, na comparação com 2016, 80% dos brasileiros tiveram de fazer cortes no orçamento ao longo do primeiro semestre deste ano para lidar com os efeitos da crise.

>> Reajuste. A Petrobras reduziu o preço da gasolina vendida nas suas refinarias às distribuidoras em 2% e do diesel, em 1,7%. O reajuste entra em vigor nesta terça-feira, 11. O anúncio foi feito no site da companhia. Esse é o quinto reajuste, neste mês, para os dois produtos.

Brasil tem primeira deflação em 11 anos
A inflação no Brasil, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), foi de -0,23% em junho, informou nesta sexta-feira, 7, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Uma deflação em junho já estava sendo apontada por dados preliminares e por estimativas do mercado. Foi a primeira deflação mensal registrada no país desde junho de 2006, quando ficou em -0,21%, além de ser a taxa mais baixa para o mês desde o início do Plano Real. Também representa uma queda forte em relação a maio, quando ficou em 0,31%, e em relação ao mesmo mês do ano passado, quando ficou em 0,35%. Com isso, o acumulado em 12 meses está em 3%, abaixo da meta do governo, que é de 4,5% com dois pontos porcentuais de tolerância para cima ou para baixo.
 
>> Estágio. O IEL realizou na última sexta-feira, 7, na Casa da Indústria, uma reunião sobre o programa de estágios, o papel de cada integrante desse processo (IEL, Empresas, IES, Estagiários) e a criação do Fórum Estadual de Estágio com a participação dos representantes das instituições de ensino, com a participação das concedentes SEBRAE/RN e SISTEMA FIERN. Além disso, ocorreu também a apresentação do SNE – Sistema Nacional de Estágio e do Prêmio IEL – Edição 2017, cujas inscrições podem ser feitas até o dia 28/07.
 
>> Planejamento. O presidente do Sistema FIERN, Amaro Sales de Araújo, recebeu na semana passada a visita institucional do corregedor-geral do Ministério Público (MP-RN), Anísio Marinho Neto, acompanhado da corregedora-adjunta Sayonara Café de Melo. A reunião tratou do apoio da Federação das Indústrias do RN à realização em Natal da 108ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional das Corregedorias dos Ministérios Públicos dos Estados, Distrito Federal e Territórios.
 
>> Perfil. Mais da metade das empresas de micro e pequeno porte no Brasil são familiares, ou porque tem sócios com algum grau de parentesco ou por ter alguém da família dos proprietários como funcionário. 52% dos pequenos negócios do país têm esse perfil. No Rio Grande do Norte, as empresas com parentes representam 42% dos negócios de pequeno porte, o maior percentual registrado entre todos os estados. A constatação é de um estudo feito pelo Sebrae e divulgado nesta semana, mostrando a realidade da gestão das empresas brasileiras.
 
>> Restituição. Em apenas sete dias, cerca de 3,3 mil microempreendedores individuais (MEI) e donos de micro e pequenas empresas acessaram o site do Simples Nacional para pedir a restituição de tributos que foram pagos indevidamente ou acima do valor devido. Desde o dia 30 de junho, a Receita Federal disponibilizou a possibilidade de pedir o ressarcimento de forma totalmente online.
 
>> Fórum Empresarial. A 5ª edição do Fórum Empresarial do RN, promovido pela K&M Seminários, acontecerá no dia 18 de julho, no Teatro Riachuelo, a partir das 19h, e volta a destacar o talento dos empreendedores potiguares e seus cases de sucesso. O evento, que já se tornou um dos mais importantes do calendário empresarial do Estado, vai apresentar ao público potiguar os cases de duas empresas genuinamente potiguar: a Miranda Computação e o grupo Gentil Negócios, com a dupla Glauber e Antonio Gentil.
Reoneração da folha de empresas começa a valer em janeiro

A Comissão do Congresso Nacional que analisa a Medida Provisória nº 774 – da reoneração da folha de pagamento para quase 50 setores da economia – aprovou nesta quarta-feira, 5, quatro destaques ao parecer do senador Airton Sandoval (PMDB-SP), mantendo o adiamento da medida para 2018 e ampliando o rol de setores poupados da mudança de tributação. O texto-base do relatório de Sandoval foi aprovado na semana passada com o adiamento da reoneração de 1º de julho deste ano para 1º de janeiro de 2018. O governo, no entanto, deve insistir em manter a vigência neste ano durante a votação da MP no plenário da Câmara. Com a reoneração entrando em vigor apenas em janeiro do próximo ano, o Tesouro Nacional perderá um reforço de cerca de R$ 2 bilhões nas contas deste ano. Segundo a Receita Federal, o impacto na arrecadação seria em torno de R$ 400 milhões por mês com a mudança de tributação.

>> Crédito. Aumentou de 21% para 25% a parcela dos brasileiros que tentaram efetuar compras a prazo ou obter algum tipo de financiamento no último mês de maio e não conseguiram, principalmente por estarem com o nome na lista de inadimplentes ou por não terem comprovante de renda.

>> Empregos. De 2010 a 2015, 3,6 milhões de novos vínculos empregatícios assalariados foram gerados nas empresas e outras organizações formais, apesar da redução de 1,7 milhão de vínculos entre 2014 e 2015. Quatro seções de atividade foram responsáveis por 71,7% desse total: 29,4% em comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas, 15,0% em saúde humana e serviços sociais, 14,1% em atividades administrativas e serviços complementares e 13,1% em educação. O estudo é do IBGE.

>> Gás de cozinha. A Petrobras reduziu em 4,5%, em média, os preços do gás liquefeito de petróleo (GLP), o gás de cozinha, para uso residencial envasado pelas distribuidoras em botijões de até 13 kg (GLP P-13). O reajuste entra em vigor à meia-noite. O último reajuste para o gás de cozinha foi anunciado há menos de um mês, no dia 8 de junho.

>> Economia criativa. A terceira versão do Edital de Economia Criativa do Sebrae no RN recebeu a inscrição de 133 projetos culturais. Desse total, serão selecionados até 40 projetos, que deverão receber até R$ 250 mil sob a forma de apoio para implementar a ideia. O resultado da seleção será divulgado no dia 17 para, em seguida, iniciar a fase de negociação, na qual o produtor apresenta os investimentos e contrapartidas no projeto.

>> Poupança. Desemprego em alta e poder de compra em baixa. Estes dois fatores conjugados têm sido os vilões do orçamento das famílias brasileiras. Segundo levantamento conduzido pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), para 76% dos consumidores do país guardar dinheiro está sendo uma tarefa impossível.

Vendas de veículos caem 3% em junho

O setor de distribuição de veículos registrou retração de 3% nas vendas em junho, na comparação com maio, com 277.194 unidades comercializadas, considerando todos os segmentos (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros). Na comparação com junho do ano passado, no entanto, houve crescimento de 5,15% nas vendas do setor, de acordo com balanço mensal divulgado pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). No primeiro semestre de 2017, foram emplacadas 1.505.453 unidades ante 1.592.711 no mesmo período de 2016, o que representou uma queda de 5,48% para todos os setores somados. Considerando apenas os veículos leves – carros de passeio e comerciais leves – , as vendas em junho deste ano cresceram 13,71% em relação ao mesmo mês de 2016, com 189.229 unidades emplacadas este ano contra 166.416 em junho do ano passado

>> Mais tempo. A Agência Nacional de Transportes Terrestres prorrogou o prazo para as empresas se adequarem às novas regras para o transporte de produtos perigosos, previstas na Resolução nº 5.232. A agência cobrará dos transportadores o cumprimento do novo regulamento a partir de dezembro deste ano. A data inicial era 16 de julho de 2017.

>> Reforma. Por 46 votos favoráveis e 19 contrários, o plenário do Senado aprovou nesta terça-feira, 4, o regime de urgência para a aprovação da reforma trabalhista na Casa. Com isso, o projeto deve ser apreciado pelo colegiado em até duas sessões. Esta será a última etapa da tramitação da reforma no Senado, onde já foi analisada em três comissões.

>> Emprego. O mercado de trabalho para os jovens está reaquecendo e novas oportunidades de emprego estão surgindo, segundo o Ministério do Trabalho. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), de 1,24 milhão de contratações em maio, 611,42 mil foram de trabalhadores com até 29 anos.

>> Unidade móvel. A Fecomércio, por meio do Senac, levará ao município de Frutuoso Gomes, região Oeste do estado, a Unidade Móvel de Informática e Gestão. Para lançamento das atividades, ocorrerá solenidade, na próxima quinta-feira, 6, às 19h, com a participação de autoridades políticas e empresariais, na Rua Antônio Dantas (em frente ao palco Missiê Carlos Tomaz), local onde os cursos serão realizados.

>> Combustíveis. A Petrobras decidiu nesta segunda-feira aumentar o preço médio do diesel nas refinarias em 2,7% e elevar o da gasolina em 1,8% a partir de terça-feira, 4, informou a petroleira. A empresa não detalhou os motivos para o movimento. O ajuste é o primeiro após a revisão feita em sua política de preços na semana passada, que busca aumentar a frequência de reajustes em uma tentativa de retomar participação de mercado. A partir de agora, segundo a estatal, os preços dos combustíveis poderão cair ou subir diariamente.

Balança tem melhor 1º semestre em 29 anos

O Ministério da Indústria e Comércio Exterior (MDIC) informou nesta segunda-feira, 3, que a balança comercial registrou superávit (exportações maiores que importações) de US$ 36,21 bilhões no primeiro semestre deste ano. O resultado representa o maior superávit para este período desde o início da série histórica do MDIC (1989), ou seja, o melhor resultado para o primeiro semestre em 29 anos. Até então, o maior saldo positivo havia sido registrado no ano passado (US$ 23,65 bilhões). Segundo o governo, nos primeiros seis meses deste ano, as exportações somaram US$ 107,71 bilhões, com média diária de US$ 868 milhões (alta de 19,3% sobre o mesmo período do ano passado).

>> Recorde. O número de consumidores inadimplentes no país chegou a 61 milhões em maio, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor. Trata-se do maior número da série histórica desde 2012. Somente no mês de maio, cerca de 900 mil consumidores ingressaram no cadastro de inadimplência. Em maio do ano passado, eram 59,5 milhões de pessoas na lista.

>> Antecipação. A Caixa Econômica Federal vai antecipar o calendário de pagamento das contas inativas do FGTS para quem faz aniversário em dezembro. Previsto inicialmente para começar no dia 14 de julho, a Caixa informou que os pagamentos da última fase terão início no próximo sábado 8. Mais de 2,5 milhões de brasileiros têm direito ao saque a partir do mês de julho. O valor total disponível para saque neste mês ultrapassa R$ 3,5 bilhões e equivale a aproximadamente 8% do total de recursos disponíveis no programa.

>> Parceria. A Confederação Nacional dos Transportes (CNT), por meio do seu escritório em Pequim, firmou um acordo de cooperação mútua com o CCPIT (China Concil for the Promotion of International Trade). As duas instituições passarão a trocar informações para colaborar com o enriquecimento da relação Brasil-China, especialmente em relação à identificação e ao incentivo a inovações, investimentos e melhorias do setor do transporte e infraestrutura.

>> Incentivo. A nova edição do Procompi (Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias) no RN será lançada oficialmente no dia 12 de julho, uma quarta-feira, no Espaço Cultural Candinha Bezerra, da Casa da Indústria, a partir das 8h30. Trata-se de uma iniciativa com ações para a inovação empresarial e melhoria das condições de desenvolvimento sustentável. Nesta edição, cinco setores da economia do Estado serão beneficiados, com investimentos de aproximadamente R$ 1 milhão.

>> Petróleo. As exportações de petróleo do Brasil em junho saltaram 67% ante o mesmo mês de 2016, para 6,195 milhões de toneladas, muito próximo do recorde histórico registrado em fevereiro deste ano, com o impulso do forte crescimento da produção da commodity nas áreas do pré-sal e enquanto refinarias no país registram baixos índices de utilização.

Motores do Desenvolvimento discutirá segurança pública e cidadania

A próxima edição dos seminários Motores do Desenvolvimento do RN, na segunda-feira, 3, terá como tema “Segurança Pública e Cidadania”. O secretário de Segurança Pública do Estado de Goiás, Ricardo Balestreri, o professor José Luiz Ratton, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Edmilson Lopes Júnior, pesquisador da temática violência social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), estarão entre os palestrantes, no auditório Albano Franco, da Casa da Indústria, a partir das 8 horas. O “Motores do Desenvolvimento” é um projeto realizado em uma parceria da UFRN, jornal Tribuna do Norte, Sistema FIERN, Fecomércio e RG Salamanca Investments, com seminários que promovem debates sobre assuntos que estão relacionados com o crescimento do Estado.

 >> Inadimplência. A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), apurada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), mostra que o percentual de famílias endividadas alcançou 56,4% em junho de 2017, uma queda de 1,2 ponto percentual ante maio. O indicador também ficou abaixo dos 58,1% observados no mesmo período do ano passado.

 >> Abono salarial. O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) aprovou um novo prazo para pagamento do abono salarial ano-base 2015. O prazo, que terminaria nesta sexta-feira, 30, será reaberto em 27 de julho, e os trabalhadores terão até 28 de dezembro para retirar o dinheiro. Este é o segundo ano consecutivo em que ocorre prorrogação – no ano passado, essa mesma medida foi tomada.

 >> IGC. Pelo terceiro mês consecutivo, o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) registrou deflação, informa a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Em junho, o indicador caiu 0,67%, após recuo de 0,93% em maio e queda de 1,10% em abril. Houve baixa de preços tanto no atacado quanto ao consumidor.

>> Cursos técnicos. Estão abertas as inscrições para os cursos técnicos a distância do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – Senac. São 12 diferentes opções nas áreas de comércio, design, gestão, informática, meio ambiente, segurança e turismo. O prazo segue até 14 de agosto de 2017.

>> Reforma trabalhista. Após cerca de 14 horas de sessão, a Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou o relatório de Romero Jucá (PMDB-RR) favorável à reforma trabalhista e sem alterações ao texto aprovado pela Câmara dos Deputados. A CCJ também aprovou o pedido de urgência para o projeto. Se o plenário confirmar o requerimento, o texto poderá ser votado pelo Senado após duas sessões.

Com digitalização, bancos perdem 20 mil profissionais no ano passado
Se por um lado a tendência pela digitalização no sistema bancário tem reduzido os custos por parte das instituições financeiras, por outro, ela acarreta em uma acelerada redução de postos de trabalho e de pontos fixos de atendimento. Dados da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) com a consultoria Deloitte mostram que, em dois anos, o setor fechou 1.208 agências bancárias, 929 apenas no ano passado. Quanto ao emprego, uma filtragem do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) feita nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho indica que no ano passado o setor perdeu mais de 20 mil vagas, número muito superior ao visto nos anos anteriores – 2015 teve saldo negativo de 9.886 vagas; em 2014, menos 5.004 e em 2013, menos 4.329. O resultado coincide com uma mudança sensível no comportamento dos clientes bancário. Ainda de acordo com a Deloitte e com a Febraban, 57% das transações bancárias em 2016 foram feitas por smartphones, tablets ou computadores.
 
>> Eólica. O RN deverá atingir a marca de 5 GW de capacidade instalada em energia eólica nos próximos quatro anos. Segundo dados do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE), o estado segue na liderança disparada no ranking nacional eólico, com 3.3GW de capacidade instalada em 125 parques que estão em operação.
 
>> Gastos. O Governo afirmou que vai enviar ao Congresso Nacional um projeto de lei que abre um crédito suplementar de R$ 102,4 milhões ao Ministério da Justiça para regulizar a emissão de passaporte. O serviço está suspenso desde terça-feira à noite porque atingiu o limite de gastos previstos no Orçamento da União. Os únicos passaportes que continuam a ser emitidos são os de emergência, por motivo de saúde ou trabalho.
 
>> Parcelamento. Os microempreendedores individuais (MEI) que têm boletos mensais em aberto até maio de 2016 podem parcelar seus débitos em até 120 meses a partir do próximo dia 3 de julho. Essa é a primeira vez que esse segmento empresarial poderá pagar os impostos devidos em parcelas. Cada prestação deve ter valor mínimo de R$ 50,00. O prazo para aderir ao programa de renegociação das dívidas é de 90 dias.
 
>> Movimentação. O Brasil registrou um superávit em transações correntes de US$ 2,884 bilhões em maio, terceiro resultado consecutivo positivo e mais uma vez guiado pelo forte desempenho da balança comercial, divulgou o Banco Central (BC). Segundo o BC, o saldo positivo nas transações correntes foi de US$ 2,884 bilhões em maio, o maior para o mês desde 1995.
 
>> Consultoria empresarial. Colocar os ensinamentos aprendidos na graduação em prática e, ao mesmo tempo, auxiliar pequenos negócios locais a serem mais competitivos. Esses são os principais benefícios do projeto Consultores Universitários, que é desenvolvido pelo Sebrae em parceria com a Ufersa em Pau dos Ferros, no Alto Oeste Potiguar. A iniciativa começou no ano passado e já atendeu 50 empresas, que contaram com consultoria para solucionar fragilidades nas áreas de gestão, processos e produtos.
 
>> Pendente. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) prorrogou por mais um mês a análise da compra da rede Ales pela Ipiranga, do Grupo Ultra. O conselheiro relator, João Paulo de Resende, pediu a prorrogação para ter mais tempo para analisar remédios propostos pelas requerentes, o que indica que poderá haver um acordo para a aprovação do negócio.
1 3 4 5