sábado,
Publicidade
x fechar anúncio
home / Comerciando

Comerciando

Pagamento de dívidas é maior razão para empréstimos no Brasil

Empréstimos podem ser uma boa estratégia para concretizar grandes planos ou quando é preciso lidar com gastos inesperados. Também podem ser uma forma de lidar com o endividamento – a principal razão observada entre os consumidores brasileiros que recorrem aos empréstimos em bancos e financeiras. De acordo com uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), a principal finalidade do empréstimo pessoal ou consignado é o pagamento de dívidas (37%), como faturas atrasadas no cartão de crédito, prestações não pagas em lojas e até mesmo outros empréstimos adquiridos no passado.

>> Internet. Responsável por ampliar a oferta de produtos e serviços, além de garantir mais facilidade, agilidade e segurança na hora de realizar uma transação, o e-commerce tem crescido no país. De acordo com os indicadores da operadora Mastercard, houve um aumento de 29% nas vendas do e-commerce nacional ao longo do mês de abril de 2017 no comparativo com o ano passado.

>> Emprego. O mercado brasileiro abriu 34.253 novos postos de trabalho, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho nesta terça-feira, 20. É o segundo mês consecutivo, e a terceira vez no ano, em que o país registra mais vagas abertas do que fechadas. Em abril, o país já havia criado 59.856 mil vagas.

>> Empresas 1. No primeiro trimestre do ano, foram criadas no Brasil 581.242 novas empresas, o maior número para o período desde 2010, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas. Trata-se de uma quantidade 12,6% superior ao registrado no mesmo período de 2016, quando ocorreram 516.201 nascimentos.

>> Empresas 2. Em março, o número de empresas criadas também foi recorde em relação a todos os meses de março desde o começo da série histórica em 2010: 210.724, quantidade 19,5% superior ao mês anterior (fevereiro/2017), quando surgiram 176.319 novos negócios e 14,2% maior que o registrado em março/2016 (184.560).

>> Financiamento. A Caixa Econômica Federal suspendeu a oferta de uma das linhas de crédito imobiliário mais baratas do mercado: a que usa dinheiro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Mesmo após a injeção de R$ 2,54 bilhões em dinheiro extra no mês passado, o dinheiro acabou novamente e o banco suspendeu novos créditos para compra de imóveis de até R$ 950 mil.

>> Juros. A taxa média de juros do rotativo do cartão de crédito chegou a 9,7% ao mês (203,2% ao ano) na semana de 29 de maio a 2 de junho, atingindo o seu menor patamar desde a alteração na regra dessa modalidade, em 3 de abril.

Câmara e empresários discutem mudanças no Alecrim

O presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Raniere Barbosa (PDT), recebeu nesta segunda-feira, 19, diretores da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) para discutir o impacto das mudanças que o projeto de urbanização do comércio do Alecrim, onde um shopping deve ser construído no local onde hoje abriga o teatro Sandoval Wanderley, deverá trazer. Participaram da reunião o vereador Dickson Nasser Júnior (PSDB), o presidente da CDL/Natal Augusto Vaz, Joham Xavier e George Ramalho, membros da diretoria da CDL. Vaz ressaltou que faz parte do projeto a melhoria de quesitos como estacionamento e segurança. Com isso, a intenção é dar cara nova ao bairro.

>> Negociação. Os Microempreendedores Individuais (MEI) que estão com débitos na Receita Federal pelo não pagamento do Documento de Arrecadação Simplificada do MEI (DAS), que deve ser quitado mensalmente, poderão parcelar os valores em atraso em até 120 vezes. A decisão veio na resolução 134 do Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN). O prazo para solicitar o pedido de parcelamento começa no dia 3 de julho.

>> Financiamentos. O volume de financiamento de veículos no RN foi de 6.195 unidades em maio, entre novos e usados. O resultado foi 23,6% maior do que o verificado no mesmo mês de 2016. Os dados incluem automóveis leves, motos e pesados. O levantamento é da B3, empresa resultante da combinação de atividades da BM&FBOVESPA, uma das maiores bolsas do mundo em valor de mercado, e a Cetip, maior depositária de títulos privados da América Latina.

>> Energia renovável. O BNDES anunciou a aprovação de empréstimos que somam no total R$ 1,037 bilhão para três complexos de geração de energia eólica, dos grupos EDF, Enel e Aliança, sociedade da mineradora Vale com a Cemig. A EDF EN do Brasil contratará empréstimo de R$ 486,4 milhões para a construção de novos parques eólicos.

>> Abono salarial. Trabalhadores com direito ao abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2015 têm 15 dias para sacarem o benefício. O prazo final é 30 de junho. O valor varia de R$ 78 a R$ 937, dependendo do tempo em que a pessoa trabalhou formalmente em 2015. Trabalhadores da iniciativa privada retiram o dinheiro na Caixa e servidores públicos, no Banco do Brasil. Basta apresentar um documento de identificação e o número do PIS/Pasep.

>> Visita à Europa. Liderada pelo presidente da Fecomércio, Marcelo Queiroz (foto), a comitiva de representantes do Estado, de municípios turísticos e de entidades empresariais do Rio Grande do Norte que está cumprindo agenda no estado alemão da Renânia-Palatinado ao longo de toda esta semana, foi recebida nesta segunda, 19, pelo gerente executivo da Câmara de Indústrias e Comércio (IHK) da cidade de Trier, no estado alemão da Renânia-Palatinado, Jan Glockauer. Na oportunidade, o presidente Marcelo Queiroz registrou a importância da visita e, sobretudo, do aprendizado que os potiguares deverão ter ao longo de toda a semana.

Mercado financeiro projeta inflação zero em junho

Junho deve ser um mês de alívio para o bolso dos consumidores. De acordo com uma pesquisa do Banco Central, pode ser o mês com menor inflação desde 2006. A expectativa dos analistas é que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) desacelere e que os preços, na passagem de maio para junho, fiquem estáveis, sem qualquer alteração. Os dados são do Boletim Focus, uma publicação semanal, editada pelo BC, e que reúne as projeções de cerca de 100 analistas do mercado financeiro. A pesquisa mostra ainda que o mercado financeiro está cada vez mais otimista com o custo de vida no Brasil em 2017.

>> Inadimplência. O volume de consumidores com contas em atraso e registrados em cadastros de inadimplentes voltou a cair no último mês de maio. De acordo com dados apurados pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) houve uma leve queda de -0,50% em maio na comparação com o mesmo mês do ano passado. Trata-se da terceira queda anual consecutiva na série histórica do indicador.

>> Capacitação. A maioria dos 2,3 mil negócios formalizados na categoria de Microempreendedores Individuais (MEI) está concentrada no segmento de comércio em Ceará-Mirim. Para capacitar e estimular ainda mais o potencial empreendedor do município, o Sebrae realizou até o último sábado, 10, uma turma do Empretec, seminário para desenvolver o comportamento empreendedor.

>> Redução. A cesta básica do Nordeste encerrou o mês de maio com queda de 1,5%. A variação negativa é consequência direta da queda do preço do tomate, que registrou redução de 9,1% no preço no mês. Outros alimentos sofreram variações negativas em maio, mas em menor escala, como arroz (-3,2%), leite (-1,5%), farinha (-1,0%) e carne (-0,4%).

>> Emprego. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (foto), afirmou que há previsão de aumento do emprego este ano. “Previsões econômicas são de aumento do emprego durante o ano, retomada dos investimentos e manutenção dos gastos sociais”, afirmou o ministro em sua conta no Twitter.

Adesão ao projeto Destinos Turísticos é prorrogada

*Foto: José Aldenir / Agora Imagem

O Sebrae no Rio Grande do Norte estendeu até o dia 16 de junho o prazo para empresas do setor de turismo aderirem ao projeto Destinos Turísticos Inteligentes (Smart Destination). A iniciativa vai oferecer capacitações, consultorias e integração com startups que desenvolvem soluções tecnológicas para os problemas enfrentados pelos empresários. O projeto envolverá negócios de três de áreas turísticas do Rio Grande do Norte: o Seridó, o Polo Costa das Dunas e Polo Costa Branca. Ao todo, serão investidos R$ 1,3 milhão nas ações até 2018.

>> Impostos. No Rio Grande do Norte, a arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) cresceu +0,7% no primeiro trimestre de 2017, em comparação ao mesmo período do ano passado. O Estado arrecadou R$ 1,29 bilhão até março. No Nordeste, foram arrecadados R$ 17,7 bilhões no trimestre, incremento real de 1,4%.

>> Idiomas. O Senac está com matrículas abertas para os cursos de Inglês, Francês, Italiano, Espanhol, Alemão e Libras, nos municípios de Natal (Alecrim e Zona Sul), Macaíba, Assú e Mossoró. Para o semestre 2017.2, a principal novidade fica por conta do lançamento do curso de Inglês a partir de 9 anos, o Junior. Em Natal, as matrículas realizadas até o dia 15 de julho, através de pagamento à vista, garantirão um desconto de 15%.

>> Safra. Estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revela que a safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas deve fechar o ano com uma produção de 238,6 milhões de toneladas. O número é 29,2% maior do que o alcançado em 2016, quando registrou 184,7 milhões de toneladas.

>> WhatsApp. O potencial de vendas pelo WhatsApp se revela nos números de usuários da plataforma que, só no Brasil, supera 100 milhões, ou seja, 1 a cada 2 brasileiros fazem uso dele. Pensando em orientar os empreendedores diante desse modelo a mais de oportunidade, as Unidades de Acesso a Mercados do Sebrae no Rio Grande do Norte e na Bahia desenvolveram o guia virtual “Como vender mais pelo WhatsApp”.

>> Convenção. As tendências para o varejo moderno, liderança e a importância do Brasil no mercado mundial foram temas da 18ª Convenção do Comércio e Serviços do Rio Grande do Norte. Com o tema “Novos Tempos, novas atitudes”, o evento reuniu cerca de mil empresários e gestores do setor de Comércio, Indústria e Serviços. Um dos destaques foi a palestra do economista e especialista em negócios Samy Dana (foto).

Indústria registra aumento da produção em abril, aponta IBGE

A produção industrial subiu 0,60% em abril ante março, na série com ajuste sazonal, divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em relação a abril de 2016, a produção caiu 4,5%, queda mais intensa desde outubro de 2016, quando o recuo foi de 7,5%. No ano, a indústria teve queda de 0,7%. No acumulado em 12 meses, a produção da indústria acumulou recuo de 3,6%. O resultado ficou dentro das expectativas dos analistas, que esperavam desde uma queda de 1,20% a uma expansão de 1,30%.

>> Retomada. A recuperação econômica está em curso e terá continuidade nos próximos trimestres, disse, em nota, o ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira. Para ele, o Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre apresentou crescimento de 1%, “interrompendo a mais longa recessão da história econômica recente do país”.

>> Economia criativa. O Sebrae abriu na sexta-feira 2 inscrições para o Edital 2017 de Economia Criativa. Serão destinados R$ 250 mil, através de apoio financeiro, a até 40 projetos nas áreas de música, audiovisual, artes visuais, artes cênicas, editoração, danças e também artesanato. O formulário, assim como o edital completo, pode ser conferido no portal da Instituição na seção ‘Licitações e Editais’. As inscrições prosseguem até dia 30 deste mês.

>> Registro. As manifestações culturais tradicionais e populares, assim como as possibilidades criativas, de 22 bairros de Natal estão reunidas em uma publicação, idealizada pelo Sebrae no Rio Grande do Norte e Prefeitura de Natal. O livro Patrimônio Cultural e Imaterial de Natal foi lançado na quinta-feira 1°.

>> Falência. Os pedidos de falência no país registraram queda de 8,4% de janeiro a maio deste ano na comparação com igual intervalo de 2016. No mesmo período, as falências decretadas retraíram 7,0%, enquanto os pedidos de recuperação judicial caíram 21,7% e as recuperações judiciais deferidas diminuíram 18,1%.

>> Investimento. Em visita ao município de Passa e Fica na última sexta-feira 2, o governador Robinson Faria apresentou o projeto dos Quintais Produtivos de Caju, que beneficiará cerca de 2.700 produtores na região Agreste, e o Projeto de Dinamização do Turismo.

>> Capacitação. O presidente da Fecomércio, Marcelo Queiroz, participou nesta sexta-feira 2, junto com alguns dos diretores e presidentes de sindicatos filiados à Fecomércio, no Hotel Othon Suítes Natal, do primeiro módulo do curso de Gestão de Sindicatos. A capacitação é voltada para os presidentes e executivos de Sindicatos filiados à Federação, e tem como objetivo fortalecer a atuação das instituições, com foco no desenvolvimento de líderes.

*Conteúdo publicado originalmente na edição de segunda-feira, 5 de junho de 2017, do Agora Jornal.

“Acabou a recessão”, comemora presidente Michel Temer. Será?

O presidente Michel Temer comemorou, em sua conta no Twitter, o resultado do Produto Interno Bruto (PIB), que cresceu 1% no primeiro trimestre de 2017, em comparação ao último trimestre de 2016: “Acabou a recessão!”. Os dados sobre a economia brasileira foram divulgados nesta quinta-feira 1° pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado anunciado nesta quinta representa a primeira alta do índice, após dois anos consecutivos de queda. Na mensagem publicada na rede social, o presidente cita as medidas já adotadas pelo governo e as reformas em análise no Congresso Nacional. “Acabou a recessão! Isso é resultado das medidas que estamos tomando. O Brasil voltou a crescer. E com as reformas vai crescer mais ainda”, diz o tuíte do presidente.

>> Calma lá. Apesar das comemorações de Temer, economistas ponderam que o resultado deve ser analisado com cautela. Segundo eles, o ritmo da recuperação ainda é incerto, sobretudo com a crise política desencadeada com as recentes delações da JBS.

>> Balança. A alta dos preços internacionais, principalmente de produtos básicos, contribuiu para o crescimento das exportações brasileiras e, consequentemente, para o superávit recorde de US$ 29 bilhões da balança comercial do período de janeiro a maio. O fator também influenciou o superávit de US$ 7,661 bilhões registrado no mês de maio, o maior saldo positivo mensal desde 1989.

>> FGTS. O Estudo feito pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) mostra que os recursos provenientes das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) provocaram, no mês de março, um impacto positivo de R$ 2,65 bilhões nas vendas do comércio varejista brasileiro.

>> Impacto. Entre os ramos do varejo nacional mais impactados estão: vestuário e calçados (R$ 1,19 bilhão), materiais de construção (R$ 594,4 milhões), móveis e eletrodomésticos (R$ 530,2 milhões) e farmácias, perfumarias e cosméticos (R$ 337 milhões).

>> Vistoria. Vereadores da Comissão de Defesa do Consumidor, juntamente com o Procon Legislativo e o Procon Municipal, realizaram visitas de vistoria na manhã desta quinta-feira 1° em algumas agências bancárias de Natal para verificar o cumprimento de leis e dos dispositivos do Código de Defesa do Consumidor. Na ocasião, foi verificado o descumprimento da lei, de autoria do vereador Kleber Fernandes (PDT, foto), que estabelece tempo limite de 30 minutos de espera para atendimento de serviços bancários.

Desemprego atinge 14 milhões de pessoas

A taxa de desocupação no Brasil ficou em 13,6% no trimestre encerrado em abril de 2017 de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A população desocupada é de 14,0 milhões de pessoas, dado 8,7 % maior em relação ao trimestre imediatamente anterior, quando era de 12,9 milhões de pessoas. O número representa um acréscimo de 1,1 milhão de pessoas não ocupadas na procura por trabalho. No confronto com igual trimestre do ano passado, esta estimativa subiu 23,1%, um aumento de cerca de 2,6 milhões de pessoas desocupadas na força de trabalho.

>> Indústria. “A taxa de desocupação e numero de desocupados só não são maiores porque indústria de certa forma começa a reagir em alguns setores, em função do aumento da exportação, da substituição de produtos importados e da substituição por bens mais baratos para atender mercado mais empobrecido”, comenta o economista Fábio Silveira.

>> Turismo. O Experiência Braztoa, série de eventos de um dia em diferentes cidades do país, promovido pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo, começou nesta quarta-feira 31 visando à integração entre operadores, destinos e agentes, em formato mais atrativo para geração de negócios. Rio Grande do Norte participará mais uma vez do evento para divulgar os cinco pólos turísticos do Estado.

>> Transporte aéreo. A demanda por transporte aéreo doméstico de passageiros aumentou 2,7% em abril de 2017 na comparação com o mesmo mês do ano passado, informou a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Este é o segundo resultado positivo seguido do indicador. A oferta por transporte aéreo doméstico também cresceu pelo segundo mês seguido, avançando 1,5% na mesma base de comparação.

>> Supermercados. As vendas dos supermercados brasileiros cresceram 6,27% em termos reais em abril deste ano na comparação com o mesmo mês de 2016, de acordo com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras). No acumulado dos primeiros quatro meses do ano, o setor acumula crescimento real de 0,5% nas vendas.

>> Pioneirismo. A cidade de Nova Cruz, no Agreste, foi o primeiro município potiguar a implantar o Programa de Desenvolvimento do Comércio (PDC), iniciativa do Sistema Fecomércio. O PDC é um conjunto de ações, atividades e projetos, que serão realizados em parceria com os sindicatos filiados à Federação do Comércio, com o objetivo de fortalecer e valorizar os comerciantes, os comerciários e a sociedade. As ações incluem prestação de serviços nas áreas de atuação do Sesc e do Senac.

>> Agricultura. O governo federal vai liberar R$ 30 bilhões em créditos, entre 2017 e 2018, para agricultores familiares, a uma taxa de juros que variará entre 2,5% e 5,5%.  Ao anunciar os créditos, o presidente Michel Temer (foto) ressaltou a relevância da agricultura familiar e afirmou que ninguém vai lhe impedir de investir em políticas sociais.

40% dos brasileiros compram por impulso, diz pesquisa

Pesquisa “Uso do Crédito” realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que 37% dos consumidores admitem ter comprado algo de que não precisavam nos últimos 30 dias, devido à facilidade de crédito. Os itens mais comprados por impulso são roupas, calçados e acessórios (14%), perfumes e cosméticos (8%), idas a bares e restaurantes (6%) e smartphones (6%). Na visão dos entrevistados, as lojas que mais facilitam o crédito e estimulam as compras são as virtuais (29%), seguidas dos supermercados (19%) e lojas de departamento (17%).

>> Redução. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) reajustou os tetos de tarifas cobradas no Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, com uma redução de 1,1259% nos valores cobrados. Com isso, as tarifas de embarque doméstico e internacional do Aeroporto Internacional de Natal vão cair de R$ 21,99 e R$ 38,92 para R$ 21,74 e R$ 38,49, respectivamente.

>> Turismo. O Sesc RN lançou a excursão “Serras do meu RN”. O passeio de dois dias sairá no sábado, dia 29/07, às 5h30, do Sesc Potilândia, e conta com tours pelas cidades de Martins e Portalegre, além de guia de turismo durante toda a viagem. O pacote já pode ser adquirido na Central de Atendimento do Sesc Cidade Alta.

>> Confiança. O Índice de Confiança de Serviços (ICS) do Brasil subiu em maio, recuperando parte da queda de abril, com melhora da percepção sobre a situação atual, informou nesta terça-feira a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O ICS subiu 0,5 ponto e foi a 84,7 pontos em maio, depois de ter interrompido série de três altas no mês passado.

>> Adiamento. Um acordo feito entre senadores governistas e de oposição transferiu a votação do texto da reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Econômicos para a próxima terça-feira 6. O acordo foi costurado entre o senador Paulo Paim (PT-RS) e senadores governistas.

>> Aluguel. O Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) apresentou variação negativa de 0,93% em maio, após um recuo de 1,10% em abril e uma alta de 0,82% em maio do ano passado. No acumulado desde janeiro, a taxa caiu 1,29%. Já em doze meses, há uma elevação de 1,57%, resultado que serve de base para o cálculo da renovação dos contratos de aluguel e para outros tipos de contratos.

Preço médio da gasolina cai pelo segunda semana consecutiva, diz ANP

O preço médio do litro de gasolina caiu pela segunda semana no país depois três semanas de altas seguidas. Os dados são de levantamento da Agência Nacional de Petróleo (ANP) com base em pesquisas feitas em 5.660 postos de combustível em todo o país. O valor passou de R$ 3,621 para R$ 3,606, uma queda de 0,41%, na semana encerrada no dia 27 de maio. Trata-se do menor valor desde 22 de novembro de 2015, segundo a série histórica da ANP, que não é corrigida pela inflação. O valor negociado do diesel também teve queda pela segunda semana seguida, de 0,03%, e foi de R$ 3,020 para R$ 3,019. Já o valor médio do etanol segue queda acumulada das últimas três semanas, negociado a R$ 2,568 ante o valor de R$ 2,593 da semana passada.

>> Qualificação. O Senac RN abriu matrículas para diversos cursos nas áreas de gastronomia e confeitaria. A instituição conta com a infraestrutura de cozinhas profissionais e instrutores com certificação internacional. Ao todo, são cinco cursos disponíveis em Natal: Cozinheiro, Culinária Francesa, Decoração Artística de Bolos e Tortas, Preparo de Cupcake e Brigadeiro Gourmet e Técnicas de Confeitaria.

>> Mundo nerd. Os nerds vão invadir o Sesc Cidade Alta no dia 1 de junho, das 15h30 às 17h30, em um evento inédito voltado aos grupos unidos por interesses específicos. O universo nerd envolve assuntos muito amplos, como cinema, história em quadrinhos, literatura, games, seriados, RPG, cosplay, entre outros. A programação inclui um bate-papo com convidados especiais – Anderson Ricardo do NERDestinos; Daniel Garcia, diretor do YujôFest; o pesquisador Dickson Tavares sob mediação da roteirista Milena Azevedo.

>> Vendas. Natal vai receber, pela primeira vez, a Liga dos Vendedores, treinamento inovador que reunirá três palestrantes no dia 6 de julho: Fabrício Medeiros, Leandro Branquinho e Ricardo Ventura. O objetivo é transformar profissionais comuns em “máquinas de venda”, destacando as melhores técnicas e ferramentas. O evento será realizado no Hotel Holiday Inn Arena das Dunas, das 18h30 às 22h30.

>> Declaração. A maioria das empresas potiguares registradas como Microempreendedor Individual (MEI) ainda não fez a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-Simei). O documento é obrigatório e informa à Receita sobre o faturamento bruto do negócio ao longo de 2016. No entanto, até agora só foram feitas 34.345 declarações. Mais de 61% dos 88.161 MEIs potiguares que estão aptos a declarar a receita anual do negócio ainda não entregaram o documento. O prazo se encerra na quarta-feira 31.

fgts caixa
MP que garante saque de contas inativas do FGTS é aprovado no Senado

O Senado Federal aprovou a Medida Provisória que autoriza o saque de contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Como o texto não sofreu modificações no Congresso, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), encaminhou a MP para promulgação. A aprovação da matéria nesta quinta garante a continuidade dos saques do FGTS. De acordo com calendário divulgado pelo governo, já está está liberado acesso aos recursos para trabalhadores que nasceram entre janeiro e agosto. Com a aprovação pelo Congresso da MP que permite o saque do FGTS, o governo garante a continuidade de uma medida de forte apelo popular.

>> Turismo. Pelo segundo ano consecutivo, o Rio Grande do Norte marcou presença na BNT Mercosul, que ocorreu durante o final de semana em Balneário Camboriú (SC). O evento, que é uma das principais rodadas de negócios para o setor turístico do país, reuniu expositores, operadores de turismo e agentes de viagem.

>> Confiança. O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) recuou 0,5 ponto em maio, ao passar de 89,1 para 88,6 pontos. O resultado ocorre após cinco altas consecutivas, período em que o indicador acumulou crescimento de 11,1 pontos. Os dados relativos à Sondagem do Comércio são do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Segundo os economistas da FGV, a queda de maio reflete resultados negativos em seis dos 13 segmentos pesquisados.

>> Queda. Em meio a um cenário de queda da inflação e dos juros estruturais da economia, o consumidor brasileiro tem mais um motivo para comemorar. Após um mês das alterações nas regras do cartão de crédito, os juros do rotativo caíram de 490,3% ao ano para 422,5%. Uma queda substancial de 67,8 pontos percentuais no mês de abril.

>> Sem poupança. Mais da metade da população brasileira (65%) não tinha uma reserva financeira em março, taxa ligeiramente acima da registrada no mês anterior (60%), segundo o Indicador de Reserva Financeira, do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

>> Auxílio. A empresa Gerôncio e Pimentel Soluções em TI, que está sendo incubada na Inova Metrópole [incubadora do Instituto Metrópole Digital], vai receber um aporte de R$ 94 mil do Sebrae para implementar um projeto de desenvolvimento de um aplicativo. Denominada ‘Caso Clínica Emergência’, a ferramenta pretende facilitar a rotina de hospitais de urgência e emergência.