Publicidade
Eventos
UFRN celebra 40 anos da psicologia transpessoal com simpósios
II Simpósio Internacional de Pesquisas em Psicologia Transpessoal e a X Semana de Psicologia Transpessoal do RN tem com escopo principal congregar pesquisadores do Nordeste
José Aldenir / Agora RN
Universidade Federal do Rio Grande do Norte

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte vai sediar, entre 30 de maio e 1º de junho, dois simpósios voltados para a psicologia transpessoal, em celebração aos 40 anos da área. Essa é a 9° edição da semana de psicologia transpessoal no estado.

O II Simpósio Internacional de Pesquisas em Psicologia Transpessoal e a X Semana de Psicologia Transpessoal do RN tem com escopo principal congregar pesquisadores do Nordeste brasileiro de reconhecimento acadêmico e clínico em suas áreas de atuação visando fortalecer o intercâmbio entre pesquisa e práticas clínicas, suscitando o fortalecimento de grupos de pesquisa e a base epistêmica e metodológica dos profissionais da psicologia transpessoal.

Algumas das pioneiras como Aidda Pultilnik e Eliana Bertolucci retraçam suas trajetórias que se confundem com a introdução e difusão das ideias da Psicologia Transpessoal em Terras brasileiras nos últimos 40 anos.

Dois convidados internacionais Phillip Jeffries (Inglaterra) e Florent Pasquier (França) trarão suas expertizes em torno de temáticas como Resiliência, Cultura e contextos de vulnerabilização; e Espiritualidade Laica e Educação.

Para os pesquisadores do Nordeste, os 40 anos da psicologia transpessoal no Brasil ensejam um momento de afirmação de identidade própria na qual é importante pensar de modo crítico e contextual. Sendo assim, eles defendem uma leitura crítica e decolonialista da transpessoal para o Brasil atuando considerando questões fundamentais como: Gênero, Classe, Raça e Periferias Urbanas. A clínica deve ser potência a serviço da vida e das pessoas em geral; e não um privilégio de poucos que se tornam clientes porque podem contratar serviços.

O evento contará com:

  • Dois workshops pré-congresso: a) Psicopatologia na clínica transpessoal; b) Resiliência e Cultura       
  • Seminários temáticos em temas como: neurociências e saúde, educação e direitos humanos, práticas clínicas.         
  • Fórum Jovens, Projetos Sociais e Resiliência.
  • Mini-cursos sobre: O Brincar e os brinquedos na clínica infantil; o tempo livre e experiências potencializadoras de vida; a carreira profissional e a psicologia transpessoal.        
  • Colóquio de pesquisadores da Abrapet (Associação Brasileira de Pesquisas em Psi Transpessoal); três eixos – Educação e Espiritualidade; Saúde, trabalho e espiritualidade; Práticas Clínicas e Transpessoalidade.        
  • Doze Vivências
Publicidade
Publicidade