quarta,
Saúde
Sem repasses, Hospital Memorial paralisa atendimentos do SUS
Dívida atual acumula-se desde janeiro, por parte da Prefeitura, e o Estado não efetua os repasses há 4 meses, tornando inviável a continuidade dos atendimentos
Reprodução
Hospital Memorial paralisa a partir desta segunda-feira, 17, o atendimento aos pacientes do SUS

O Hospital Memorial paralisa, a partir de hoje, segunda-feira, 17, o atendimento aos pacientes do SUS de todo o estado do Rio Grande do Norte. O motivo das suspensão do serviços é o atraso nos repasses do pagamento proveniente de contratos firmados com os governos do Estado e do Município. Mesmo com o acúmulo da dívida, cujo pagamento precisa ser constantemente cobrado e renegociado pelo Hospital para ser honrado pelos órgãos públicos, o Memorial vinha atendendo normalmente aos pacientes do SUS.

A dívida atual acumula-se desde janeiro, por parte da Prefeitura. Já o Estado não efetua os repasses há 4 meses, tornando inviável ao Hospital a continuidade dos atendimentos. No entanto, as cirurgias dos pacientes que se encontram internados serão realizadas normalmente. Estima-se que mais de mil pessoas aguardam na fila do SUS aqui no RN por cirurgia ortopédicas, devido a acidentes automobilísticos ou domésticos.

A diretoria do hospital lamenta a necessidade de paralisação e reafirma que não é essa a vontade dos profissionais e da administração do Memorial, que têm trabalhado arduamente pela saúde da população do Rio Grande do Norte. O Hospital Memorial foi fundado em 1990 e tornou-se referência em Ortopedia e Traumatologia no Rio Grande do Norte, realiza cerca de 600 cirurgias mensalmente em pacientes do SUS.

Os atendimentos particulares e por meio de planos de saúde não serão afetados pela paralisação.