Exames
Secretaria Estadual de Saúde inicia mutirão de cirurgias de catarata no Alto Oeste
Junto ao Ministério da Saúde (MS), a ação começará pelo município de Alexandria, que faz parte da VI Região de Saúde, e beneficiará os mais de 30 municípios da região
Sítio Novo
Procedimentos serão realizados por prestadores de serviço habilitados junto ao MS

Mais de 800 pacientes do SUS, residentes no Alto Oeste potiguar, serão beneficiados com o mutirão de cirurgia de catarata, realizado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Junto ao Ministério da Saúde (MS), a ação começará pelo município de Alexandria, que faz parte da VI Região de Saúde, e beneficiará os mais de 30 municípios da região.

O valor total do investimento é de R$ 651.230,40, entre valores de contrapartida do Orçamento Geral do Estado e do Ministério da Saúde. Os procedimentos serão realizados por prestadores de serviço habilitados junto ao MS por chamamento público para serviço de oftalmologia.

Alexandria foi o município escolhido devido à grande demanda pelo procedimento: são mais de 840 pessoas na fila de espera. As cirurgias iniciaram dia 30 de maio e até o momento mais de 50 pacientes já foram atendidos. Num segundo momento irão se estender a outras cidades, assim como as demais regiões de saúde de todo Rio Grande do Norte.

A catarata é uma doença multifatorial que pode ser congênita ou adquirida, cuja causa mais comum é o envelhecimento do cristalino, e quando ocorre pela idade, é denominada catarata senil. A doença também pode estar associada a tabagismo, alcoolismo, uso de certos medicamentos, etc.