Publicidade
Segurança
Projeto instala mais 91 câmeras externas por Parnamirim
Imagens poderão ser acessadas no Centro de Operações Integradas (COI), que opera em parceria com a Polícia Militar no combate ao crime
Ana Amaral / Prefeitura de Parnamirim
Ampliação da rede de fibra ótica foi em mais 60 mil metros

A Secretaria Municipal de Segurança Pública, Defesa Social e Mobilidade Urbana (Sesdem) e o Grupo de Ciência, Tecnologia da Informação e Inovação (GCTI) deu início à segunda fase do projeto “Parnamirim + Segura”, com a ampliação da rede de fibra ótica em mais 60 mil metros, contemplando prédios públicos e monitoramento eletrônico em bairros mais afastados da região central.

Nesta segunda fase do projeto, segundo a Prefeitura, serão implantadas 234 câmeras internas e 91 externas. Com isso, chegará a 331 o número de total de câmeras instaladas. As imagens de todas elas poderão ser acessadas no Centro de Operações Integradas (COI), que opera em parceria com a Polícia Militar no combate ao crime. No total, serão 410 câmeras. “A segurança sempre foi uma prioridade em nossa administração”, ressalta o prefeito Rosano Taveira.

Nesta segunda fase, os bairros beneficiados serão Monte Castelo, Jockey Clube e Vida Nova (6 câmeras), Cohabinal, Santos Reis e Passagem de Areia (10), Bela Parnamirim e Santa Tereza (10), Vale do Sol, Rosa dos Ventos e Nova Esperança (9), Centro (incluindo Centro Cultural Trampolim da Vitória) (8), Boa Esperança, Jardim Planalto e Liberdade (10), Cajupiranga (5), Emaús e Parque Industrial (9) e Nova Parnamirim e Parque do Jiqui (24).

Publicidade
Publicidade