Publicidade
Acordo
Policiais civis do RN suspendem paralisação prevista para esta segunda
Decisão foi tomada pela manhã, em reunião realizada no Sindicato dos Policiais Civis do RN
Divulgação
Com a decisão, policiais civis seguem trabalhando normalmente

Os policiais civis do Rio Grande do Norte suspenderam a greve que estava prevista para começar nesta segunda-feira, 21. A decisão foi tomada pela manhã, em reunião realizada no Sindicato dos Policiais Civis do RN (Sinpol).

A principal cobrança da categoria é com relação à demora do Governo do Estado nos processos de progressão e promoção para agentes e escrivães.

Segundo a diretoria do Sinpol-RN, os trâmites voltaram a andar na última semana, tendo sido realizadas duas reuniões com o Governo do Estado. “Existe um prazo, assinado em documento, estabelecendo o dia 31 de outubro como limite para conclusão desse processo. Como as negociações estavam paradas, a categoria entendeu por deliberar a paralisação. Agora, com a retomada dos diálogos e trabalhos técnicos, foi decidido pela suspensão do movimento”, explicou Nilton Arruda, presidente do sindicato.

O presidente do Sinpol-RN ressaltou ainda que, apesar disso, os policiais civis continuam mobilizados no sentido de cobrar o andamento célere das negociações para que o prazo estabelecido no termo de compromisso seja cumprido.

“Temos praticamente uma semana para construir um entendimento satisfatório e esperamos que o governo honre com sua palavra. A reestruturação da carreira do policial civil é urgente. Estamos lutando por dignidade e reconhecimento dos nossos direitos”, complementou.

Com a deliberação pela não continuidade da paralisação, as delegacias da Polícia Civil funcionam normalmente nesta segunda-feira.

Um novo encontro entre o Sinpol-RN e o Gabinete Civil acontecerá na quarta-feira, 23. Já no dia seguinte, quinta-feira, 24, os policiais civis voltam a se reunir na sede do Sindicato, a partir das 8h.

Publicidade
Publicidade