Investigação
MP abre grupo de trabalho para analisar pagamento de salários do Estado
Grupo de atuação especial de combate ao crime organizado do MP vai analisar dados relativos ao pagamento dos servidores estaduais
José Aldenir / Agora Imagens
Atualmente, os salários dos servidores estaduais estão em atraso

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) instituiu nesta quarta-feira, 14, uma equipe de trabalho para a analisar a folha salarial do Governo do Estado. O pagamento dos vencimentos dos servidores estaduais sofre com atrasos desde o ano passado.

A equipe de trabalho está vinculada ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público. Dois técnicos terão 60 dias para tratar, importar, cruzar e analisar de dados relativos ao pagamento dos servidores estaduais.

A portaria que criou a equipe foi assinada pela procuradora-geral de Justiça adjunta.

Atualmente, os salários dos servidores estaduais estão em atraso. Os vencimentos de fevereiro foram pagos para os funcionários da Saúde, Educação, Detran, Dei, Ipern, Idema e Jucern. Além disso, o décimo terceiro salário de 2017 ainda não foi pago.