sexta,
Publicidade
x fechar anúncio
Educação
Educadores do ensino em tempo integral participam de formação no estado
Nos dois primeiros dias, a formação foi voltada para coordenadores pedagógicos, professores, equipe de implantação e representantes de cada regional
SEEC/ASSECOM
Durante muitos anos o ensino do RN ficou visto com algo doente

“O ensino em tempo integral é uma proposta ousada e que pode revolucionar a Educação do Rio Grande do Norte”. A declaração do diretor da Escola Estadual Tristão de Barro, no município de Currais Novos, Jaire de Freitas Araújo, que representa o sentimento de todos os envolvidos na implantação dessa nova proposta de ensino da Secretaria de Educação do RN. Entre os dias 16 e 19 de maio, a equipe gestora das Escolas e Centros de Educação Profissional em Tempo Integral se reuniu no auditório do Instituto Kennedy para uma formação de rotinas pedagógicas e de liderança servidora.

Nos dois primeiros dias, a formação foi voltada para coordenadores pedagógicos, professores, equipe de implantação e representantes de cada regional. Nos dias 18 e 19, o evento teve como público-alvo coordenadores, diretores e vice-diretores. A coordenadora pedagógica da 12ª DIREC, no município de Mossoró, Geruza Gomes de Morais disse que a Secretaria de Educação teve a preocupação de convocar todos os setores para essa formação. “Isso é muito bom, pois é importante que todos compreendam o seu papel dentro da escola. Durante muitos anos o ensino do RN ficou visto com algo doente. Hoje vemos o esforço da SEEC em reestruturar nossa Educação e para isso temos que caminhar juntos para uma gestão de resultados”, declarou.

Segundo Geruza, o ensino médio passou por momentos difíceis, mas hoje recebe uma atenção especial por parte da Educação do Estado. “Embora o tempo integral seja algo novo – iniciado em março deste ano -, percebemos essa vontade de fazer com que dê certo. Vi isso por toda parte, especialmente no gabinete da secretária Cláudia Santa Rosa. A atenção e agilidade com que nos atendem faz toda a diferença. Isso tem mudado o perfil de professores, gestores, pois todos assumiram sua responsabilidade nesse processo de implantação. Estão motivados para fazer com que os jovens sejam os grandes protagonistas desse modelo de ensino”, declarou.

O diretor da Escola Estadual Tristão de Barros, Jaire de Freitas Araújo declarou que a formação foi muito valiosa e o faz perceber que sua equipe está no caminho certo. “Costumo dizer que não temos problemas na escola, temos desafios e isso nos dá motivação. Essa é a primeira formação para gestores e está sendo muito importante. Durante as palestras, percebi que o trabalho que estamos executando lá em Currais Novos está alinhado com o que a Secretaria de Educação orienta. Esperamos continuar com esse apoio da SEEC para que possamos dar continuidade ao projeto”, declarou.

A representante da equipe de implantação da Educação em Tempo Integral, Lourdes Julião declarou que esse modelo novo e dinâmico de ensino tem como principal objetivo levar os jovens do Rio Grande do Norte a alcançar seu projeto de vida e de excelência acadêmica. “Para que isso seja possível, estamos formando esses profissionais para que se apropriem dos fundamentos técnicos e práticos dessa nova proposta de ensino. O Tempo Integral é uma realidade em 18 escolas do RN e é muito bem aceito entre alunos e pais. É uma metodologia de sucesso”, concluiu.

PARCEIROS

Para que o ensino em Tempo Integral fosse uma realidade, a Secretaria de Educação conta com o apoio de alguns parceiros. São eles o Instituto de Corresponsabilidade pela Educação (ICE) e Institutos Sonho Grande e Natura. Todo trabalho de implantação das 18 Escolas e dos Centros de Educação Profissional em Tempo Integral faz parte de uma ação do Programa de Fortalecimento das Escolas de Ensino Médio do RN (Promédio).