#CPJerimum
Campus Party fomenta tecnologia no RN; confira a programação deste sábado
“Este é um legado que estamos deixando para todo RN, sobretudo para os jovens participantes que estão tendo uma oportunidade única', disse o diretor geral da feira
Elpídio Júnior
“Foram dois anos de parceria para realizarmos este evento aqui", disse Francesco Ferruggia

Nesta sexta-feira, 13, o governador Robinson Faria foi recebido pelos parceiros e organizadores da Campus Party , o presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farruggia e o diretor geral da feira, Tonico Novaes, Robinson já avalia os resultados positivos do evento. “Este é um legado que estamos deixando para todo o estado, sobretudo para os jovens participantes que estão tendo uma oportunidade única de partilha, de serem vistos em uma troca de experiências e conteúdos mundiais”, afirmou.

“Foram dois anos de parceria para realizarmos este evento aqui. O Governo teve grande interesse nessa realização que está sendo um sucesso e vai deixar um diálogo muito forte para todos. Pretendemos deixar cinco laboratórios de tecnologia em comunidades de Natal e região metropolitana para apresentar de uma forma mais inovadora a ciência e a tecnologia a uma parte da população que possivelmente teria menos acesso”, acrescentou Francesco.

Compartilhando dessa ideia, Tonico Novaes explicou que a parceria trouxe um apoio aos jovens através da quarta revolução que estamos vivenciando, que é a revolução digital, da tecnologia. “Estamos aquecendo esse ecossistema dentro do estado, por meio de incubadoras, startups, investidores e mentores”, completou. O diretor afirmou ainda que os principais projetos apresentados na #cpjerimun serão encaminhados para a edição nacional ou mesmo para as internacionais.

Alexandre Ferreira é um dos embaixadores da Campus Party e participa com palestras e oficinas na área de robótica. Natural do Paraná, ele trabalha na área de tecnologia há mais de vinte anos e participou de todas as edições da CP. Para o embaixador, o empenho do Governo em trazer a edição foi de causar um impacto junto aos jovens na medida em que destaca a atual importância da tecnologia. Questionado sobre o panorama local em meio ao nacional, Alexandre enfatizou o entusiasmo dos participantes. “Um aspecto que me chamou atenção foi o empenho, a vontade desses jovens em aprender. Pelo que percebi, os jovens têm uma dificuldade muito grande de aplicar e viver esse conhecimento e das duas uma: ou eles precisavam do espaço para aprender ou de um espaço para que tivessem alguns direcionamentos. Pode ter certeza que tem muita gente boa aqui que só precisa de uma oportunidade e agora estão tendo”, concluiu.

Área Open

O estande do Governo do RN que oferece aos visitantes da Open Campus, espaço gratuito e aberto ao público, a oportunidade de simular, por meio de uma realidade virtual, um voo de asa delta sobre seis principais obras desenvolvidas no estado: o prolongamento da Prudente de Morais, a Barragem de Oiticica, Estações de Tratamento de Esgoto e o Anel Viário Metropolitano, incluindo as obras do Sistema Viário da Avenida Moema Tinôco.

Outra grande procura no estande tem sido o simulador de direção veicular, disponibilizado pelo Detran. Bem integrado à tecnologia do evento, o equipamento, semelhante a um vídeo game, é igual aos utilizados nas autoescolas e constrói uma realidade virtual apresentando as diversas situações enfrentadas no dia a dia do trânsito pelos condutores.

Há ainda o simulador do projeto da Fapern “HabitatMarte”, uma iniciativa do professor Júlio Rezende voltada para o estudo do planeta Marte.

Campus Kids

Tem sido difícil para os visitantes e campuseiros chegar à Campus Party e resistir ao trono feito por algumas dezenas de sansão, o coelhinho de estimação da Mônica, principal personagem de histórias em quadrinhos de Maurício de Sousa. O trono, situado logo na entrada do pavilhão, já remete a outro espaço bastante visitado por famílias e escolas, o Campus Kids. Uma área destinada para criação e interação de soluções tecnológicas educacionais, que também possui acesso gratuito ao público.

Atrelada ao espaço “Educação do Futuro”, o Kids reserva para jovens de 4 a 17 anos atividades de robótica e pensamento computacional de forma lúdica, como por exemplo a construção de robôs com legos.

A programação do Educação para o Futuro segue até este sábado (14) com workshops e palestras gratuitas:

Palco

10h30 – Print (“Você já leu/escreveu algoritmos com uma criança hoje?”)
13h – Inteligência Artificial aplicada à interação Humano Robô. Uma breve viagem pelo contexto mundial.

17h – Captação de recursos para a educação.

Workshops

11h30 – Conceitos de Eletrônica para todas as idades com Kit Blocos.

15h – Quantos prints são necessários para criarmos um poema?

18h – Hackeando brinquedos eletrônicos para construção de materiais acessíveis.