segunda, 27 de fevereiro de 2017
Empreendimento
“Tivemos resultados satisfatórios e crescimento apesar da crise”, diz gerente de concessionária em Natal
Ao Portal Agora RN, gerente de vendas da Jeep Atlanta, Marcos Veiga, diz que empresa enfrentou as dificuldades em 2016, obtendo resultados muito satisfatórios
marcos
Manoel Adalberto / Agora RN
Marcos Veiga é gerente da Jeep Atlanta há mais de um ano e falou ao Agora RN sobre os resultados e perspectivas do mercado para 2017

Apesar da crise financeira que assola o país, o setor de vendas automobilístico cresceu bastante no Rio Grande do Norte durante o último ano. Em Natal, segundo Marcos Veiga, gerente da Jeep Atlanta, o setor “nadou na contramão e teve um resultado muito satisfatório”. A declaração foi dada em entrevista ao Portal Agora RN nesta segunda-feira (09).

Considerando os bons ventos de 2016, Veiga tem grandes expectativas para o ano que está se iniciando: “Nossa perspectiva é fidelizar os clientes existentes e, a partir disso, pensaremos em um crescimento em vendas de, no mínimo, 30%”, revelou.

Há quase dois anos no mercado local, a Atlanta faz parte do Grupo Veneza Automóveis, que controla seis concessionárias de veículos de passeio, uma de caminhões e ônibus, uma de máquinas e outra de revenda de seminovos.

A loja fica localizada na BR-101, ao lado da Citroen, e funciona de segunda a sexta (8h às 18h) e sábado (8h às 13h). A Atlanta também possui um site oficial que oferece serviço de vendas online, além de uma outra unidade no município de Mossoró, segunda maior cidade do estado.

atlnta

Concessionária Jeep Atlanta (Foto: Manoel Adalberto / Agora RN)

Como a Atlanta começou e quais seus diferenciais em Natal?

Atlanta foi inaugurada em 25 de abril de 2015 e faz parte do Grupo Veneza Automóveis. A empresa tem um jeito diferente de atender, fazemos um processo de vendas bem apurado, procuramos entender qual a real necessidade do cliente e apresentar somente aquilo que irá agregar. A venda é muito mais do que oferecer o veículo, é manter uma relação e cultivá-la no pós-venda também.

2016 foi um ano fortemente afetado pela crise econômica nacional. Como a Atlanta enfrentou isso?

A empresa nadou na contramão de tudo isso, falo o seguinte para a minha equipe: a crise é da porta para fora. Então procuramos otimizar todos os clientes que entraram no ano passado e terminamos o ano bem, tivemos um resultado muito satisfatório e registramos crescimento, apesar da crise.

Qual o portfólio da Atlanta?

Temos muitas variedades. Trabalhamos com Renegade Flex e Diesel, Cherokee, Grand Cherokee, Compass Flex e Diesel. Além disso, somos uma concessionária exclusiva Jeep no Rio Grande do Norte, só atendemos clientes da marca Jeep, então o nosso pós-venda é todo direcionado para esse público; temos o setor de peças, de revisão, oficina com mecânicos treinados e capacitados para atender toda a demanda.

Foi inaugurada uma fábrica da Jeep em Pernambuco, onde funcionam todas as plataformas do Renegade e do Compass. Há uma expectativa de serem produzidos outros modelos nessa fábrica?

Essa fábrica é considerada uma das fábricas mais modernas do mundo e há sim um interesse em fabricar outros modelos lá, inclusive os novos lançamentos que estão sendo pensados pela Jeep para este ano.

Qual a avaliação da repercussão e venda do Jeep Compass?

Muito boa. Hoje temos uma fila de espera aguardando novos carros chegarem. Foi um carro que caiu muito bem no gosto do povo e teve uma excelente aceitação, além de ser muito bonito e completo. Em novembro, ele foi líder de mercado, ficou em primeiro lugar como o SVU mais bem vendido do Brasil.

Existe previsão de novos lançamentos?

Ainda não, mas a Jeep é uma marca que não para, que está sempre atenta ao mercado e sempre trabalhando para melhorar cada vez mais seus modelos.

Qual a perspectiva para 2017?

Crescimento. A Atlanta já possui uma cartilha de clientes muito boa e a nossa perspectiva para esse ano é fidelizar esses clientes. A partir disso pensaremos em um crescimento em vendas de, no mínimo, 30%. Crescer com qualidade é a nossa meta principal para 2017.

Como funciona o sistema para clientes em potencial que queiram fazer um test-drive?

Temos cinco modelos de test drive disponíveis na loja: temos dois modelos de Compass, na versão Flex e Diesel, e temos três modelos de Renegade, os dois da versão Flex e um Diesel. A loja fica aberta de segunda a sexta (8h às 18h) e sábado (8h às 13h).

Qual a tendência para o setor automobilístico no Brasil?

O mercado brasileiro é bastante dinâmico, hoje temos muitas marcas no mercado, com inúmeros modelos. Então é um mercado que vem crescendo apesar da crise. O carro hoje é uma necessidade das famílias; eu vejo isso como um ganho, mais uma opção que entra no mercado para o cliente.

Galeria de imagens da concessionária

Confira os principais modelos negociados pela Atlanta:

Em ordem: Compass 2017; Jeep Renegade 2017; Cherokee; Grand Cherokee