Confira
Honda XRE 300 2019 chega com uma série de novidades, a partir de R$ 18.200
Entre as discretas mudanças na moto estão apenas novos grafismos e detalhes na carroceria. Saiba mais detalhes
Reprodução/ Honda
Honda XRE 300 recebe discretas mudanças na linha 2019, entre as quais novos grafismos e cores da carenagem

A linha 2019 da Honda XRE 300 passa por uma leve reestilização para marcar seus 10 anos de vida. Recebe novos grafismos e cores, mas sem perder a identidade, bem como para-lama duplo na dianteira e freios ABS de série. Quanto a este último item, para aprimorar o uso no fora-de-estrada, é independente entre as rodas dianteira e traseira, permitindo o melhor controle do piloto em condições de baixa aderência. Sai por R$ 18.200 para as cores azul e prata e R$ 18.690 para a Rally e Adventure. Quando pintada nas cores sólidas azul ou prata, a trail custa R$ 18.200. Já as edições especiais Rally (Vermelha) e Adventure (Verde fosco) são vendidas por R$ 18.690.

O sistema de iluminação — tanto lanterna quanto farol — é inteiro em LED, melhorando a visibilidade e iluminação, além de ocupar menos espaço e reduzir o peso e consumo de energia. O painel de instrumentos digital agora possui informações de consumo e autonomia. Mesmo após receber isso tudo, a Honda XRE 300 ficou 5,4 kg mais leve que a anterior (148 kg). O motor monocilíndrico flex é o mesmo, com 291,6 cc, 25,6 cv e 2,8 kgfm quando no etanol. A transmissão por corrente está associada ao câmbio de cinco marchas.

Quanto aos acessórios, além dos novos LEDs, a moto vem de série com alças laterais mais altas e mais largas na traseira. Outra novidade da motocicleta 2019 fica por conta dos retrovisores renovados e o painel do tipo black-out, que mostra dados sobre consumo médio e instantâneo.

O conjunto de freios ABS conta com disco de 256 mm na frente e 220 mm atrás. A roda dianteira de 21 polegadas usa pneu com medida 90/90, enquanto a traseira, de 18, calça um 120/80. Por fim, as suspensões de longo curso se baseiam em um garfo telescópico, com 245 mm de curso na dianteira e por sistema mono-amortecido com Pro-link na traseira (com regulagem na pré-carga da mola), de 225 mm.

No mercado brasileiro, a Honda XRE 300 é a segunda moto trail mais vendida, perdendo apenas para a “irmã” menor e mais em conta Bros 160. Isso sem considerar que ocupa a 10ª posição entre as mais vendidas no Brasil, nos últimos rankings gerais da Fenabrave. Entre as rivais, os maiores destaques ficam por conta das Yamaha trail XTZ 250 lander e Ténéré, que também deverão se atualizar ainda este ano com adição de AMS e freios combinados.

 

 

Fonte: iG